Oficina de Brincadeiras Tradicionais:

Apresenta e trabalha com brinquedos e brincadeiras pertencentes ao patrimônio imaterial cultural brasileiro. Referência às obras do artista Ivan Cruz, e utilização de materiais e brinquedos, tais como: bola-de-gude, corda, avião de papel, e etc. Oportuniza o livre brincar e incentiva a ludicidade na educação.

Oficina de Músicas Brincadas:

Aborda canções, cantigas e brincadeiras de ritmo, palmas e roda. Utilização de instrumentos musicais alternativos, com materiais reutilizados.  

Ênfase nos ritmos populares tradicionais, nos brincantes e folguedos,

trabalhando ritmo, timbre, melodia e muita alegria.

Tanto a Oficina de Brincadeiras Tradicionais, como a Oficina de Músicas Brincadas

podem ser desenvolvidas nos três formatos abaixo:

PARA CRIANÇAS

NAS ESCOLAS:  

É oferecida para turmas escolares, podendo ocorrer no ambiente escolar (turmas/agrupadas), em ambiente preparado com os materiais, equipamento de som e muitos brinquedos lógico! ; ) 

FORMAÇÃO CONTINUADA

PARA PROFESSORAS

E PROFESSORES:

Voltada para a educação básica, sendo principalmente professores do 1º segmento do Ensino Fundamental e da Educação Infantil.

Nesse caso, as mesmas brincadeiras da oficina para as crianças são vivenciadas, mas a abordagem é voltada para reflexão sobre a prática pedagógica, sobre a BNCC e as possibilidades de se trabalhar as brincadeira na sala de aula.

Apresentação teórica, debates e atividades práticas para todas e todos vivenciarem o conteúdo apresentado.

PARA AS CRIANÇAS JUNTO COM SEUS FAMILIARES

(pais, responsáveis):

Nesse formato, a brincadeira é vivida em conjunto, onde os adultos também brincam, propiciando a troca de saberes e experiências, o relacionamento intergeracional e o estreitamento dos laços familiares, podendo ser realizada em espaços culturais, escolas e locais afins.

Entendemos como material de trabalho as brincadeiras tradicionais, tais como: amarelinha, bola-de-gude, pular corda, subir em árvores, bambolê, pião, além de cirandas e cantigas de roda, brincadeiras de palmas, entre outras inúmeras manifestações da cultura popular brasileira.

O conteúdo é sempre abordado pelos Arte-Educadores do projeto com total ludicidade e ênfase no aprender fazendo, brincando de verdade. 

OFICINA BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO

"Brincadeiras e Cultura Popular na Educação

Oficina on-line premiada pelo Edital Cultura Presente nas Redes - RJ 

OFICINA ONLINE FEITO PRA BRINCAR - OUT 2

Aconteceu no dia 18 de outubro de 2020 a Oficina Online: "Brincadeiras e Cultura Popular na Educação" com os Arte-Educadores Ana Luiza Barbosa e Yuri Vasconcellos.

Tivemos a participação de professores, profissionais da cultura e muita gente aproveitando a programação gratuita dessa oficina premiada pelo Edital Cultura Presente nas Redes do Governo Estadual do Rio de Janeiro!

A transmissão foi feita na página do Facebook do Projeto Feito pra Brincar! (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A GRAVAÇÃO!)

Arte_Divulgação_Oficina_Músicas_Brincada

Oficina "Músicas Brincadas na Educação"

22 de novembro de 2019 - Circuito de Oficinas "Brincando no MART" 

Museu de Arte Religiosa e Tradicional/IBRAM - Cabo Frio/RJ 

OFICINA_BRINCADEIRAS_Formação_professores

Oficina "Brincadeiras Tradicionais na Educação"

09 de novembro de 2019 - Circuito de Oficinas "Brincando no MART" 

Museu de Arte Religiosa e Tradicional/IBRAM - Cabo Frio/RJ

Fotos: Manoella Évora - MART/IBRAM

MATÉRIA_OFICINA_MART_OUTUBRO_2019.png

Oficina "Brincadeiras Tradicionais" - 18 de outubro de 2019 -

Circuito de Oficinas "Brincando no MART"
Museu de Arte Religiosa e Tradicional/IBRAM - Cabo Frio/RJ 

OFICINA BRINCADEIRAS 18 outubro MART 201

Oficina "Brincadeiras Tradicionais" - 28 de setembro 2019 - Museu de Arte Religiosa e Tradicional/IBRAM - Cabo Frio/RJ 

Fotos: Marcos Souza

Oficina "Brinquedos e Brincadeiras Tradicionais" - 09 de outubro de 2018 - Instituto Presbiteriano - Cabo Frio/RJ

OFICINA DE BRINCADEIRAS - INSTITUTO PRESBITERIANO DE CABO FRIO/RJ
Oficina de Brincadeiras - Instituto Presbiteriano

Oficina "Brincadeiras Tradicionais" - 19 e 22 de setembro 2018 - Museu de Arte Religiosa e Tradicional/IBRAM - Cabo Frio/RJ

Fotos: Manoella Évora - MART/IBRAM